Fique por Dentro

Leilões de transmissão estão estimados em R$ 11,1 bilhões em 2020

27 de dezembro de 2019

Gil Pereira cobra inclusão do Norte de Minas nos próximos leilões federais de projetos do setor

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou no dia 19/12/19 que pretende realizar dois leilões de transmissão em 2020, um no primeiro semestre com estimativas de investimento de R$ 2,1 bilhões e no segundo semestre com investimento superior a R$ 9 bilhões.

O deputado Gil Pereira esteve várias vezes na Empresa de Pesquisa Energética (EPE), encarregada desse planejamento no país, reforçando a cobrança de inclusão do Norte de Minas, nos próximos leilões federais de projetos do setor.

O parlamentar também encaminhou requerimento (3.685/19) à Aneel, solicitando de providências para que a região seja incluída nos próximos leilões de linhas de transmissão.

Ao presidente da Cemig, Cledorvino Belini, o deputado Gil Pereira também encaminhou o requerimento 3.689/19, pedindo informações sobre gestões da empresa junto à EPE e à Aneel para implantação de novas linhas de transmissão na região ou outras iniciativas com tal objetivo.

“O sistema de transmissão (linhões) deve acompanhar o crescimento previsto na geração solar fotovoltaica no Norte de Minas, evitando-se um entrave às novas plantas. É necessário que a energia chegue aos consumidores em geral e às empresas, proporcionando desenvolvimento, empregos e renda”, explicou o parlamentar.

Edital

O edital do primeiro leilão está em consulta pública desde o dia 20/12/19, e receberá contribuições até 03/02/20. Serão licitados 300 km de novas linhas e 2.300 MVA em capacidade de transformação. A previsão é de novas instalações de transmissão nos estados do Amazonas, Ceará, Goiás, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Os investidores também poderão disputar o direito de operar e manter cerca de 385 km de linhas já construídas e 1.350 MVA em subestações, cujas concessões não foram renovadas pela Amazonas GT. O certame está previsto para junho de 2020.

Segundo semestre

Já o segundo leilão, previsto para o segundo semestre, está em fase de estudos pela EPE. O diretor-geral da Aneel, André Pepitone, adiantou que o certame terá 18 empreendimentos com obras em seis estados, divididos em sete lotes. A expectativa de investimento é de R$ 9 bilhões.

De acordo com o presidente da EPE, Thiago Barral, a previsão é de R$ 100 bilhões de investimentos em sistemas transmissão de energia nos próximos 10 anos no Brasil, considerando o que já foi contratado e o que será contratado até 2029. Os executivos falaram com a imprensa após participar do último leilão de transmissão realizado em São Paulo, no dia 19/12/19.