Fique por Dentro

Gil Pereira solicita inclusão imediata da região Norte no programa Leite Novo, criado pelo Governo de Minas Gerais

5 de abril de 2021

Gil Pereira solicita inclusão imediata da região Norte no programa Leite Novo, criado pelo Governo de Minas Gerais “Neste momento de tantas dificuldades, sendo essencial a continuidade de programas de auxílio à nossa população, solicitei ao Governo de MG e ao Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste (Idene-MG) a inclusão urgente do Norte de Minas Gerais, no programa Leite Novo”, ressaltou o deputado Gil Pereira, referindo-se ao requerimento (RQ. 7.638/2021) por ele encaminhado, através da Presidência da Assembleia Legislativa.

Desde 2003, incluindo o período em que Gil Pereira foi secretário de Estado da Sedinor, até 2014, o programa Lei pela Vida, agora substituído por esta versão recém-lançada, proporcionou reforço alimentar a crianças nas escolas e famílias cadastradas, além do benefício aos produtores da agricultura familiar, com a compra do leite e sua distribuição à população vulnerável, promovendo desenvolvimento econômico e social, atendendo principalmente à região Norte, onde foi à época primeiro implantado.

“A alegação do governo estadual para retomada do programa é a necessidade de apoio à população carente, nos vales do Jequitinhonha e do Mucuri, diante do avanço da pandemia da Covid-19, sendo, portanto essencial a inclusão do Norte de Minas Gerais, assegurando o tratamento isonômico regional”, argumentou o deputado Gil Pereira.

Justificativa

Ao justificar a sua solicitação, Gil Pereira destacou que o Norte de Minas Gerais e toda a Área Mineira da Sudene fizeram parte do programa Leite pela Vida, instituído em 2003, incluindo período em que foi secretário da Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Sedinor), até 2014, na gestão do então governador Antonio Anastasia. Depois, sofreu interrupções e funcionou até 2019.

“Considerando que a região Norte já passa dificuldades em razão das adversidades climáticas, agora agravadas pela pandemia e suas consequências, especialmente desemprego e dificuldades financeiras, venho solicitar que esta seja incluída, urgentemente, no novo programa social lançado pelo Governo de MG”, concluiu o deputado.

Leite pela Vida

Desenvolvido em parceria entre o governo federal, Sedinor e Emater-MG, teve como objetivos reduzir a vulnerabilidade social, combater a fome e a desnutrição, além de fortalecer a agricultura familiar e a cadeia produtiva do leite. Os beneficiários do programa foram crianças de 2 a 7 anos, idosos a partir de 60 anos, gestantes e nutrizes, além de entidades socioassistenciais. Em 2014, a cota diária do programa chegou a 138 mil litros de leite para distribuição em 193 municípios.