Home » Notícias » NORTE DE MINAS: Banco do Nordeste lança linha de crédito para micro e minigeração de energia renovável
NORTE DE MINAS: Banco do Nordeste lança linha de crédito para micro e minigeração de energia renovável

NORTE DE MINAS: Banco do Nordeste lança linha de crédito para micro e minigeração de energia renovável

Conquista estratégica para região, FNE Sol é destinado a empreendimentos urbanos e rurais de todos os portes

O Banco do Nordeste (BNB) lança nesta segunda-feira (30/05/16), linha de financiamento à micro e à minigeração distribuída de energia elétrica, o FNE Sol. Com transmissão simultânea nas capitais do Nordeste do País por videoconferência, o evento será realizado em Montes Claros às 15h, no Auditório da Superintendência Estadual MG/ES, localizado na Avenida Deputado Esteves Rodrigues, nº 840 – Centro. Participam o presidente da Comissão de Minas e Energia da ALMG, deputado Gil Pereira (PP) e o superintendente estadual do BNB, João Nilton Castro Martins.

O deputado Gil Pereira trabalha para incentivar o desenvolvimento desse tipo de energia, com ênfase para a geração a partir de fonte solar fotovoltaica, desde sua gestão à frente da Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de MG (Sedinor), entre 2011 e 2014, durante a gestão estadual de Antonio Anastasia (PSDB) e Alberto Pinto Coelho (PP).

“O crédito do BNB representa vitória do nosso trabalho. Trata-se de passo fundamental para a expansão do uso da energia solar fotovoltaica no Norte de Minas, que detém potencial solarimétrico especial avaliado por estudo da Cemig. O financiamento beneficiará toda a área mineira da Sudene”, assinala o deputado Gil Pereira.

Por meio de requerimentos (08/03/16), o deputado Gil Pereira solicitou aos bancos do Nordeste (BNB) e do Brasil (BB), além da Caixa Econômica Federal (CEF), providências para que sejam desenvolvidas linhas de financiamento, com recursos financeiros e juros subsidiados, especialmente voltadas para projetos de micro e minigeração distribuída de energia solar fotovoltaica. “A exemplo do Banco do Nordeste, a expectativa agora é que as outras instituições financeiras públicas criem ou ampliem linhas semelhantes destinadas principalmente à energia solar”, declara o deputado Gil Pereira.

 Prazo e carência

A nova linha utiliza recursos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) e tem prazo de pagamento de até 12 anos, com até um ano de carência. O investimento pode ser financiado em até 100% e há bônus de adimplência de 15%.

O crédito é destinado a empresas de todos os portes e setores, produtores e empresas rurais, cooperativas, associações e pessoas físicas. Podem ser financiados sistemas completos envolvendo geradores de energia, inversores, materiais auxiliares e instalação. O valor economizado na conta de energia pode ser utilizado para pagar as parcelas do financiamento.

A microgeração distribuída de energia elétrica compreende as centrais geradoras que utilizem cogeração qualificada ou fontes renováveis (hidráulica, solar, eólica, biomassa etc), conectadas na rede de distribuição por meio de instalações de unidades consumidoras, e cuja potência instalada seja menor ou igual a 75 kW.

Já a minigeração distribuída engloba os mesmos tipos de centrais geradoras com potência instalada superior a 75 kW e menor ou igual a 5 MW (com exceção da fonte hidráulica, cuja potência deve ser menor ou igual a 3 MW).

ABSolar

Na sede da instituição, em Fortaleza (CE), O FNE Sol será apresentado a especialistas do setor e empresários pelo presidente do Banco do Nordeste, Marcos Holanda.

O evento contará com apresentações de representantes da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (ABSolar), que abordarão os conceitos básicos de micro e minigeração distribuída e organização do setor na região.

O Centro Administrativo Presidente Getúlio Vargas (CAPGV), sede do Banco, está localizado na Avenida Doutor Silas Munguba, 5.700, no bairro Passaré.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*