Home » Destaque » AUDIÊNCIA PÚBLICA / ANEEL: Gil Pereira cobra manutenção das regras da REN 482 para garantir crescimento da energia solar
AUDIÊNCIA PÚBLICA / ANEEL: Gil Pereira cobra manutenção das regras da REN 482 para garantir crescimento da energia solar
Em Brasília, deputado Gil Pereira com lideranças do setor da Geração Distribuída Solar Fotovoltaica

AUDIÊNCIA PÚBLICA / ANEEL: Gil Pereira cobra manutenção das regras da REN 482 para garantir crescimento da energia solar

Objetivo é assegurar à sociedade todos os benefícios do setor renovável: energia limpa, menor custo, geração de empregos e renda

A audiência pública da Aneel para debater a revisão REN 482/12, marco regulatório da geração distribuída e da energia solar fotovoltaica, reuniu nesta quinta-feira (07/11/19), em Brasília, empresários e trabalhadores da cadeia produtiva de todas regiões, parlamentares, consumidores, além de representantes das principais entidades do setor (ABSolar e ABGD). Mais de 170 participantes inscritos se manifestaram, com destaque para o movimento contrário às mudanças propostas de cobrança pelo uso da rede (fio) e de encargos dos consumidores que geram sua própria energia elétrica.

“Solicitei à Aneel a realização de ao menos mais uma audiência por região do país, sendo a primeira na cidade de Montes Claros, em Minas Gerais, que lidera o ranking nacional da micro e minigeração distribuída solar, com 241,9 MW da potência instalada (19,9%). Precisamos debater o assunto com cuidado, de modo a evitar decisões apressadas e até retrocesso nos benefícios econômicos e sociais já alcançados. A energia solar é o futuro! Fez surgir vários novos setores da economia que estão gerando emprego e renda em todo país, apesar do período atual de desaceleração, em especial no Norte de Minas. Vamos em frente com a nossa luta”, declarou o deputado Gil Pereira.

Presidente da Comissão das Energias Renováveis da ALMG, Gil Pereira encontrou-se na reunião com o presidente da Aneel, André Pepitone; o diretor e relator da 482/12, Rodrigo Limp; o presidente-executivo da ABSolar, Rodrigo Sauaia; e a diretora Jurídica da ABGD, Marina Meyer.

Gil Pereira esteve também com o deputado Lafayette de Andrada, relator do Novo Código Brasileiro de Energia Elétrica, momento em que tratou sobre as necessárias contribuições do governo, de entidades do setor e dos consumidores, além de detalhes da energia fotovoltaica, para a elaboração do projeto final.

Desde 2011, o deputado Gil Pereira desenvolve a construção da legislação mineira de incentivo ao setor, que inclui a Lei de sua autoria, única no país que isenta de ICMS usinas até 5 MW, responsável pela atração de grandes investimentos para o Estado, especialmente o Norte de Minas, onde há dezenas de projetos de usinas em fase final de implantação e outros tantos já previstos.

O deputado Gil Pereira e o presidente da ABSolar, Rodrigo Sauaia

O deputado Gil Pereira e a diretora Jurídica da ABGD, Marina Meyer

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*